Primavera, Mais que uma Estação

” Primavera, mais que uma estação” 

Despertar, sair do casulo, dar atenção ao jardim, flores, plantas e árvores. Há alegria nos corações humanos, nos animais, na terra. A natureza renasce nas transformações colorindo e contagiando poetas, seresteiros, namorados e principalmente artistas.

No entardecer tão belo, entre todas as flores, existe uma para novas amizades e é tão bela como todas as flores de todos os corações. As vermelhas exalam paixão, as amarelas, magia e a sedução, as rosadas inspiram delicadezas e as brancas trazem paz para os corações.

A exposição de Sonia Vasconcelos vai pincelar de cores e alegria o lugar por onde passar. Respirar beleza, cativar seu olhar, suspirar saudade, rememorar a infância, colher a mocidade e bem dizer a maturidade.

Tudo isso é “Primavera, mais que uma estação” com seus quadros que aos nossos olhos se movimentam, tamanho a perfeição que se esperou chegar, ao tocar do pincel até a nossa sensibilidade.

Bem-vindo a Primavera, muito mais que uma estação!

– Texto Darcy Breves

Ficha Técnica

 Número de Telas:

12 (doze)

Curadoria:

Elda Varanda Dunley

Produção e Apoio Financeiro, Institucional, Cultural

Estação Casa Amarela Produções e Serviços

Assessoria de Comunicação:

Estação Casa Amarela Produções e Serviços (Studio Play Art)

 Fotografia das obras:

Estação Casa Amarela Produções e Serviços (Carol Mossin)

 Exposições realizadas:

  • Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela / Caçapava/SP

Período: 20 de outubro à 15 de dezembro de 2017

 

  • Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina- Pindamonhangaba/SP

Período: 09 de janeiro à 28 de fevereiro de 2018

 

  • Cervejaria Bohemia- Petrópolis/RJ

Período: 28 de setembro a 05 de novembro de 2018

 

  • Palacete 10 de julho – Pindamonhangaba/SP

Período: 09 de novembro a 02 de fevereiro de 2019

 

Sobre a Artista:

Sonia Vasconcelos, nascida em Caçapava/SP, iniciou sua carreira em 1984. Segue escola impressionista e também trabalha com a técnica espatulada. Premiada em 1987 com a obra “Cacho de Banana” – Medalha de Bronze no Salão de Belas Artes de São Paulo, Sonia tem telas espalhadas pelo mundo (México, Argentina, Portugal, Reino Unido e Canadá). Principais exposições realizadas: Paço das Artes (1986, 1987,1988, 1989), Galeria Pró-Arte (1986), I Mostra de Artes  (1987), VIII Semana da Agronomia (1987),  I , III e VI  Salão Primavera (1989 – 1991 – 1995), Shopping Center Taubaté (1990), II ,  IV ,  V , VII e XI Salão Artes Plásticas da Mulher (1991- 1993 – 1994 – 1996 – 2000), Espaço Cultural Taubaté (1991), Mostra Regional de Arte (1996), – Taubaté/SP; II EXPAC – Exposição de Artes (1986), Clube Recreativo Jequitibá (1986) , II Concurso de Artes Plásticas do 6º BI (1991), I Salão de Artes Plásticas da S.M.E.  (1992), I Exposição Coletiva do Centro Cultural Fish (1993), Caixa Econômica Federal (1995), Mostra Individual no Círculo Militar (1996), Mostra de Artes Gente da Terra da Prefeitura Municipal de Caçapava, I e II Mostra de Arte do Hotel Central – Atelier Sonia Vasconcelos (1998 – 1999)  em Caçapava/SP; Salão UNAP – União dos Artistas Plásticos – Medalha de Bronze (1987), em São Paulo/SP; XIV Salão Limeirense de Arte Contemporânea (1987) Limeira/SP ; LORENVALE (1992) em Lorena /SP; Mostra Individual Sonia Vasconcelos – Refinaria Petrobrás – (2000) em São José dos Campos/SP; Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela (2017) em Caçapava/SP, Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina (2018) em Pindamonhangaba/SP; Galeria Araucária (2018) em Santo Antônio do Pinhal/SP e Cervejaria Bohemia,  em Petrópolis/RJ.

Telas da Exposição: