Exposição Fotográfica “Ancestralidades Contemporâneas” no Centro Cultural E Turístico Nelsinho Rodrigues

A Estação Casa Amarela convida a todos para a Exposição Fotográfica “Ancestralidades Contemporâneas” de Ana Cavalcante “Cacau Fernandes”, que inaugura no dia 03 de Outubro de 2019 no Centro Cultural E Turístico Nelsinho Rodrigues com a curadoria de Tchello d’Barros!

👉Exposição:
Atualmente a idade-mídia desafia nossa capacidade de absorção de imagens de toda ordem, em especial, das diversas vertentes da fotografia. Em meio a esse excesso de cenas e personagens, nosso imaginário continua em
busca principalmente da figura humana, com ênfase na exposição do corpo, pelos mais diversos meios, sejam físicos ou virtuais.
É nesse contexto que a fotógrafa Cacau Fernandes apresenta a exposição Ancestralidades Contemporâneas, nos ensaios lambe Sujo e Caboclinhos, Os “Cão” de Jacobina, Nêgo Fugido e Bloco da Lama. A série é um contraponto aos trabalhos cotidianos da fotojornalista urbana carioca. São
olhares mais poéticos que documentais sobre grupos sociais que celebram seus corpos numa dimensão sagrada, ora profana, em danças e cortejos onde fé, rito e carnavalização se traduzem em exibições ocultadas ou reveladas sob
camadas de substancias enegrecedoras, em personagens que aparecem festivas e libertárias. Sendo a ocultação da identidade um comportamento observado historicamente em festas populares de diversas culturas, aqui aparecem em festividades que promovem uma alegoria visual, com a geografia corporal recoberta, seja de tinta, de óleo ou de lama, num corpo/página que se exibe e
expressa, um corpo/tela que mostra e comunica, um corpo/objeto que informa em diálogo com diversas heranças culturais. Há desde novas versões do popular Saci Pererê, passando por uma carnavalizada versão das mitologias judaicocristãs, incluindo ritos de autoflagelação em busca de transcendências religiosas, além de elementos simbólicos da negritude brasileira.
Para revelar-se reconfigurado no corpo social, o corpo individual é maquilado, maculado, sob camadas de substancias escuras, sob camadas de significações, e surge na via pública e festiva como corpo-festa, seja na adoção de tradições ancestrais, na emissão de recados políticos ou confissão gestual de desejos contemporâneos. As camadas de não-cor ao mesmo tempo escondem e revelam personas e narrativas, cujos rostos se traduzem em máscaras sociais que assombram pela via do sublime, divertem-se no êxtase e seduzem pelo encantamento.

As fotografias expostas também estão a venda. Os interessados poderão fazer uma reserva e adquiri-las ao final da circulação desta mostra.

Endereço: R. Cel. Domingues de Castro, São Luís do Paraitinga – SP, 12140-000
Horário de visita: Segunda a Sábado das 09h às 12h e das 13h às 17h
Telefone: (12) 3671-1672

Viva a Cultura! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)

#EstaçãoCasaAmarela2019 #Cultura #ExposiçãoItinerante #ECA #AncestralidadesContemporânes

Siga-nos nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *