CineArte: Filme: “Mazzaropi: Feição e Prosa”

 

E tem cinema na rua da Estação Casa Amarela!

CINE ARTE! 💛

💛 Dia 28/08 tem Cine Arte aqui na rua da Estação Casa Amarela!

👉 Início da sessão: 28/08, quarta 19h.

🎬 Filme: “Mazzaropi: Feição e Prosa”

O filme “Mazzaropi: Feição e Prosa” será exibido, gratuitamente, na rua da Estação Casa Amarela em Caçapava /SP, no dia 28 de agosto (quarta), às 19 horas. A apresentação faz parte da programação da Mostra Mazzaropi que acontece na Sala Darcy Ribeiro da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela. O diretor do filme, Luis Otávio Santi, é convidado para uma Roda de Conversa após a exibição. Também estará presente Pedro Rogério Barreto que apresenta show cômico- musical como Pedro Mazaropinho.

🎬 Mazzaropi: Feição e Prosa (2008)
O documentário de Santi, que visita o universo de Mazzaropi, ator e produtor, enfocando aspectos dramáticos e geográficos, incluem músicas e compositores que conviveram com ele. Músico de raiz e testemunha histórica, Negão dos Santos acompanha numa viagem pelos cenários criados e vividos pelo mais popular cineasta brasileiro da história, Amacio Mazzaropi (1912-1981). O filme constrói paisagens sonoras e visuais que dão contorno à figura atual do “caipira”, dos seres do campo do Vale do Paraíba, São Paulo. Uma jornada com o personagem pobre rural, local do típico caipira paulista.

O DIRETOR:
Luiz Otavio de Santi é cineasta e foi professor de Roteiro cinematográfico na FAAP; Estética fílmica na Pós Graduação, FAAP; foi professor de Estética e filosofia no curso de jornalismo da Unitau, em Taubaté, SP. Pesquisador de cinema, mestre em comunicação e semiótica pela PUC-SP. Doutor em Ciências em Psicologia Social USP .

Dirigiu e roteirizou o longa documentário “Mazzaropi: Feição e Prosa” . Com este filme participou dos festivais Câmera Mundo- Rotterdam; e Cinesul-Mercosul, Rio, 2009. Dirigiu e roteirizou o documentário “Mazzaropi: o cineasta das platéias”, produção independente de 2002, pelo Instituto Mazzaropi, com lançamento no mesmo ano, em circuito televisivo (Canal Brasil e tv globo vanguarda); mostra no CCBB, São Paulo.

Roteirizou (em fase de desenvolvimento de projeto) o longa “O Fingidor”, adaptação da peça homônima de Samir Yazbek, sobre o poeta Fernando Pessoa. Roteirizou e dirigiu o curta ficção “Quando Ela Passa”, 2001, divulgado em mostras e circuito universitário. Co-roteirizou o curta “Aurora”, com Beto Brant e Renato Ciasca, 1987.Trabalhou na Espiral filmes e Publifimes, como assistente de montagem em centenas de comerciais de Tv e documentários, anos 80.

Foi premiado no concurso Xérox do Brasil, 2001, com o livro “Uma voz no Cinema”, que trata de cinema e poesia. Premiado como co-roteirista de “Aurora”, melhor curta em Brasília, 1987, em parceria com Beto Brant e Renato Ciasca.

Gênero: Documentário
Direção: Luiz Otávio de Santis
Idioma: Português
Ano de Produção: 2008
País de Produção: Brasil
Duração: 81 min

Pedro Rogério Barreto é morador de Taubaté/SP e, pesquisador da vida de Mazzaropi desde os 12 anos de idade. Apaixonado, desenvolveu o personagem, Pedro Mazaropinho, e um espetáculo cômico musical. Pedro ouviu muitas histórias de pessoas que conviveram, que trabalharam ou que fizeram parte dos sets das filmagens na época. Assim nasceu um artista. Um artista caipira inspirado em um dos maiores nomes do Cinema Brasileiro: Amácio Mazzaropi !

Realização: Estação Casa Amarela Produções e Serviços EIRELI

Apoio : Prefeitura de Caçapava e Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Caçapava.

Faça parte dessa história!
Você é nosso convidado especial! 💛

📍Local: Rua da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
☞ tels (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784.

Viva a Cultura! 💛
Viva o cinema Brasileiro!

#EstaçãoCasaAmarela2019 #VilaSãoJoão #CaçapavaSP #Mazzaropi #CineArte

Siga-nos nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *