Novas Turmas para Terraterapia

Terraterapia: 

O novo curso de Terraterapia começa dia 10/Outubro/2019
com aulas nas quintas, das 14h às 17h e com termino previsto para o dia 12/Dezembro/2019.

Terraterapia com Ana Paula Massêo de “Os Jardins da Ana”

O curso livre de TerraTerapia tem por objetivo específico apresentar técnicas de jardinagem voltadas para a Agricultura Natural e Orgânica onde o sistema da vida se mantem autossustentável a partir de pequenas mudanças de hábitos, observação da natureza, pequenas meditações em meio às plantas e conhecimentos de
técnicas de agricultura. É um curso iniciático e tem por objetivo geral a aplicação desses conhecimentos no dia a dia.
O curso tem a duração de dois meses e meio com um encontro semanal de 3 horas cada.
A aula se distribui em teóricas e práticas. Ao final do curso os participantes construirão um canteiro de ervas em forma de mandala e terão adquirido conhecimentos para refletirem sobre o atual modo de vida onde a alimentação é basicamente química e predatória.
Os temas abordados nas aulas serão acompanhados por apostila e o aproveitamento do curso se dará com a presença de no mínimo 80% das aulas. As aulas serão as Quintas-feiras no período da tarde das 14h às 17h e estão sujeitas ás intempéries climáticas (havendo chuvas mudamos o roteiro conforme as necessidades e
possibilidades).

Conteúdo programático:

Agricultura natural
1 Introdução
2 Compostagem
3 Adubação natural, algumas técnicas
4 Horta em pequenos espaços (temperos)
5 Pomar em pequenos espaços
6 Ervas aromáticas e plantas medicinais, receitas e usos
7 Árvores frutíferas – adubação, vasos, podas e árvores frutíferas de Mata Atlântica
8 Reconhecimento de de pragas e doenças e seu controle alternativo.

Jardinagem
9- Planejando o jardim, Como fazer um jardim ornamental e Manutenção de jardins
10 Manutenção de jardins, o comportamento do seu Jardim e O jardim com o passar do tempo.

Essa é uma de tantas novidades que lhe aguarda nessa 4° Edição de Estação Casa Amarela.

Dia e Horário:

Quinta-feira: 14h-17h

Valores: 

1x na semana mensal:
dinheiro R$200,00
cartão  R$220,00

Trimestral:

Dinheiro: R$ 540,00

Cartão: R$600,00

Aula avulsa: R$80,0

Exposição Fotográfica “Ancestralidades Contemporâneas” no Centro Cultural E Turístico Nelsinho Rodrigues

A Estação Casa Amarela convida a todos para a Exposição Fotográfica “Ancestralidades Contemporâneas” de Ana Cavalcante “Cacau Fernandes”, que inaugura no dia 03 de Outubro de 2019 no Centro Cultural E Turístico Nelsinho Rodrigues com a curadoria de Tchello d’Barros!

👉Exposição:
Atualmente a idade-mídia desafia nossa capacidade de absorção de imagens de toda ordem, em especial, das diversas vertentes da fotografia. Em meio a esse excesso de cenas e personagens, nosso imaginário continua em
busca principalmente da figura humana, com ênfase na exposição do corpo, pelos mais diversos meios, sejam físicos ou virtuais.
É nesse contexto que a fotógrafa Cacau Fernandes apresenta a exposição Ancestralidades Contemporâneas, nos ensaios lambe Sujo e Caboclinhos, Os “Cão” de Jacobina, Nêgo Fugido e Bloco da Lama. A série é um contraponto aos trabalhos cotidianos da fotojornalista urbana carioca. São
olhares mais poéticos que documentais sobre grupos sociais que celebram seus corpos numa dimensão sagrada, ora profana, em danças e cortejos onde fé, rito e carnavalização se traduzem em exibições ocultadas ou reveladas sob
camadas de substancias enegrecedoras, em personagens que aparecem festivas e libertárias. Sendo a ocultação da identidade um comportamento observado historicamente em festas populares de diversas culturas, aqui aparecem em festividades que promovem uma alegoria visual, com a geografia corporal recoberta, seja de tinta, de óleo ou de lama, num corpo/página que se exibe e
expressa, um corpo/tela que mostra e comunica, um corpo/objeto que informa em diálogo com diversas heranças culturais. Há desde novas versões do popular Saci Pererê, passando por uma carnavalizada versão das mitologias judaicocristãs, incluindo ritos de autoflagelação em busca de transcendências religiosas, além de elementos simbólicos da negritude brasileira.
Para revelar-se reconfigurado no corpo social, o corpo individual é maquilado, maculado, sob camadas de substancias escuras, sob camadas de significações, e surge na via pública e festiva como corpo-festa, seja na adoção de tradições ancestrais, na emissão de recados políticos ou confissão gestual de desejos contemporâneos. As camadas de não-cor ao mesmo tempo escondem e revelam personas e narrativas, cujos rostos se traduzem em máscaras sociais que assombram pela via do sublime, divertem-se no êxtase e seduzem pelo encantamento.

As fotografias expostas também estão a venda. Os interessados poderão fazer uma reserva e adquiri-las ao final da circulação desta mostra.

Endereço: R. Cel. Domingues de Castro, São Luís do Paraitinga – SP, 12140-000
Horário de visita: Segunda a Sábado das 09h às 12h e das 13h às 17h
Telefone: (12) 3671-1672

Viva a Cultura! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)

#EstaçãoCasaAmarela2019 #Cultura #ExposiçãoItinerante #ECA #AncestralidadesContemporânes

Filme: “Mazzaropi, O Cineasta das Platéias”

TEM CINEMA AO AR LIVRE CHEGANDO NA RUA DA CASA MAIS CULTURAL DA CIDADE!

Dia 27/Setembro, sexta-feira as 19h tem Cine Arte na rua da Estação Casa Amarela!

19h – Show cômico musical do Pedro Mazaropinho

19h45m – Filme: “Mazzaropi, O Cineasta das Platéias”

20h45m – Roda de Conversa com o Diretor Luis Otávio de Santi

O filme “Mazzaropi, O Cineasta das Platéias” será exibido, gratuitamente, na rua da Estação Casa Amarela em Caçapava /SP, no dia 27 de setembro (sexta), programação à partir das 19 horas. A programação encerra a Mostra Mazzaropi que aconteceu na Sala Darcy Ribeiro da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela. O diretor do filme Luis Otávio de Santi é convidado para uma Roda de Conversa após a exibição.

Mazzaropi, O Cineasta das Platéias (2002) – 52 minutos.
“Nunca, em toda a história do cinema nacional, outro artista realizou tantos filmes com um sucesso fenomenal quanto Amácio Mazzaropi conseguiu como artista e homem de negócios, ser completo. Dirigia, escrevia, produzia e atuava…e quando chegou ao cinema já havia percorrido um caminho de glória e consagração no circo, no teatro, no rádio e na tv. Ao todo fez 32 filmes, 32 sucessos, nenhum fracasso. A fórmula de um cinema comercial bem-sucedido que se procura até hoje, Mazzaropi encontrou muitos anos atrás e seguiu firme por três décadas. Mesmo fazendo-se uma comparação, ele rendeu mais em seu tempo do que “Os Trapalhões” e “Xuxa” renderam com seus filmes até hoje. Neste documentário produzido exclusivamente pelo Instituto Mazzaropi, você vai ter a oportunidade de ver cenas de filmes, depoimentos de estudiosos, intelectuais, historiadores e artistas populares como Ratinho e ainda vai ver trechos de sua última apresentação na televisão no programa da Hebe Camargo. Um filme à altura do artista e obrigatório para sua coleção.” ( fonte: site filmow)

O Diretor:
Luiz Otavio de Santi é cineasta e ex professor de Roteiro cinematográfico na FAAP; Estética fílmica na Pós Graduação, FAAP; foi professor de Estética e filosofia no curso de jornalismo da Unitau, em Taubaté, SP. Pesquisador de cinema, mestre em comunicação e semiótica pela PUC-SP.

Dirigiu e roteirizou o longa documentário “Mazzaropi: Feição e Prosa” . Com este filme participou dos festivais Câmera Mundo- Rotterdam; e Cinesul-Mercosul, Rio, 2009. Dirigiu e roteirizou o documentário “Mazzaropi: o cineasta das platéias”, produção independente de 2002, pelo Instituto Mazzaropi, com lançamento no mesmo ano, em circuito televisivo (Canal Brasil e tv globo vanguarda); mostra no CCBB, São Paulo.

Roteirizou (em fase de desenvolvimento de projeto) o longa “O Fingidor”, adaptação da peça homônima de Samir Yazbek, sobre o poeta Fernando Pessoa. Roteirizou e dirigiu o curta ficção “Quando Ela Passa”, 2001, divulgado em mostras e circuito universitário. Co-roteirizou o curta “Aurora”, com Beto Brant e Renato Ciasca, 1987.Trabalhou na Espiral filmes e Publifimes, como assistente de montagem em centenas de comerciais de Tv e documentários, anos 80.

Foi premiado no concurso Xérox do Brasil, 2001, com o livro “Uma voz no Cinema”, que trata de cinema e poesia. Premiado como co-roteirista de “Aurora”, melhor curta em Brasília, 1987, em parceria com Beto Brant e Renato Ciasca.

👉 Realização: Estação Casa Amarela Produções e Serviços EIRELI
👉 Apoio : Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Caçapava

Você é nosso convidado especial! 💛
Vem pra Rua ! 💛

A ENTRADA É GRATUITA!! 💛

📍Local: Rua da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
☞ tels (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784.

Viva a Cultura! 💛

#EstaçãoCasaAmarela2019 #Cinemanarua #CineBairro #VilaSãoJoão #CaçapavaSPoão #CaçapavaSP #Mazzaropi #CineArte

Lançamento do Curta “Cavalgada dos Justos”

🎬LANÇAMENTO DO FILME CURTA METRAGEM – CAVALGADA DOS JUSTOS. 💛

O que acha de um cinema no espaço mais cultural da cidade!?

💛 Dia 28/Setembro, sábado às 19h:30m acontece o lançamento do filme curta metragem – “Cavalgada dos Justos” aqui na Estação Casa Amarela, com a ilustre visita do ator Bruno Claudio Garmatz.

👉 Início da sessão: 28/09, sábado às 19h30m.

🎬 Filme: CAVALGADA DOS JUSTOS

A ENTRADA É GRATUITA!

👉 SINOPSE E DETALHES:
Quando linhas de fronteira não eram limites para desbravadores, o extremo norte do Brasil se torna o destino de homens e mulheres em busca de construir suas vidas, novos desafios, novos sonhos. Enquanto para alguns a conquista vinha através do trabalho suado e honesto, outros a conquistavam através da força bruta e violência.

O filme também tem sido equiparado a BACURAU, quanto a temática apresentada!

Classificação indicativa: 14 anos (Conteúdo violento)

📍 Participação em festivais e mostras:
2° Festival Jaraguá do Sul- SC
12° Mostra Curta Audiovisual- Campinas SP Mostra Sesc de curtas 2019 Festival de cinema de Santo Angelo RS 2019

📍 Ficha técnica:
Roteiro: Alex Pizano
Direção: Alex Pizano
Produtor ou empresa produtora: Norte Produções
Produtor executivo: Hemetério Costa
Direção de fotografia: Severino Wilson e Paulino Alvarenga
Montagem: Raimundo Bahia e Luis Ricardo
Trilha sonora original: Cláudio Lavôr
Som direto: Fábio Araújo
Edição de som: Diego Freitas
Direção de arte: Marco Borges
Elenco: Gustavo Hugo Andrade, Bruno Garmatz, Orib Ziedson, Rodrigo Mebs, Nony Santos, Rebecca Nunes, Rodolpho Braga de Oliveira e Manoel Pereira da Costa Neto

Confira aqui o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=hC-6ezBfe7g

Você é nosso convidado especial! 💛

📍Local: Rua da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
☞ tels (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784.

Viva a Cinema Brasileiro! 💛

#QuartaEdiçãoEstaçãoCasaAmarela #ECA2019 #Cultura #Exposições #Saúde #Natureza #Educação #Esporte #ECA #Exposição #Corpo #Mente #Alma #Cinema #CinemaBrasileiro #CavalgadaDosJustos #Filmes

Lançamento do livro fotográfico “Monte Roraima – A Morada de Makunaima”

A Estação Casa Amarela convida a todos para o Lançamento do livro fotográfico “Monte Roraima – A Morada de Makunaima” com exposição de Bruno Claudio Garmatz no dia 28 de setembro, sábado, às 18h30m.

📖 O livro é em formato grande, capa dura, com 400pg e mais de 500 fotos, mostrando não apenas o Monte Roraima como também a região do entorno, abrangendo assim parte da Venezuela e República da Guiana.
A intenção ao fazer o livro (bilingue) foi divulgar Roraima para o restante dos estados brasileiros e também para o mundo, por tratar-se de um dos ícones do turismo na região norte onde turistas aventureiros do mundo todo vem em busca das atrações e das lendas que a montanha oferece. Segundo estatísticas, anualmente mais de três mil turistas se aventuram pela cansativa trilha de 2 dias de caminhada para desfrutar de um dos cenários mais incríveis do globo terrestre.

👉 A exposição consta de 23 fotos tamanho 30X40cm, fotos essas que fazem parte do livro.
Temos a certeza que a você irá gostar e conhecerão uma das regiões menos visitadas do Brasil, porém de belezas exuberantes.

28, Setembro – 18h30m.

Venha conhecer Monte Roraima – A Morada de Makunaima!

Você é nosso convidado especial! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)

#QuartaEdiçãoEstaçãoCasaAmarela #ECA2019 #Cultura #Exposições #Saúde #Natureza #Educação #Esporte #ECA #Exposição #Corpo #Mente #Alma #Roraima

Workshop de Fineart com Giuseppe Maria

Além dos muitos projetos que a 4° Edição da Estação Casa Amarela – Corpo, Mente e Alma tem oferecido para o espaço mais cultural da cidade, é com muita satisfação que trazemos agora, mais uma grande novidade!

Convidamos a todos para o “Workshop de Impressão FINEART” com Giuseppe Antonio De Maria que acontece no dia 28 de Setembro, sábado das 15h às 18h.

📍OBJETIVO:
Apresentar soluções para impressão fotográfica e artística em mídias da alta longevidade.

👉 TOPICOS A SEREM ABORDADOS:
1 – Conceito de FineArt
2 – Mercado especializado
3 – Reprodução de pinturas (Giclê)
4 – Equipamentos de impressão e tintas especiais
5 – Mídias de alta longevidade e suas aplicações
6 – Materiais auxiliares no fluxo de trabalho
7 – Arquivamento e Conservação

👉 CONHECIMENTOS PRÉVIOS
Desejável noções de Photoshop e correção de cores.

👨‍🎓HISTÓRICO PROFISSIONAL: Giuseppe Antonio De Maria

Engenheiro Eletrônico desde 1978 atuou em indústrias eletrônicas na área de fabricação de produtos de entretenimento e de eletrônica de potência até o final dos anos 80.
Nos anos 90 se especializou no desenvolvimento de aplicações para impressoras de grande porte e na implementação de soluções gráficas para o mercado corporativo e agências de publicidade. Nesse período recebeu treinamento de gerenciamento de cores em Lexington (KY) nos Estados Unidos.
A partir de 2002 em uma visita á Galleria Nazionale Dell’Umbria na cidade de Perugia- Italia, teve o primeiro contato com impressão de alta longevidade e reprodução de arte e com isso comprou sua primeira impressora de pigmento e começou a imprimir para amigos do grupo de fotografia como um hobby.
Nos anos seguintes visitou grandes museus da Europa e se aprofundou na história da arte, levando-o a montar um ateliê de impressão FineArt em meados de 2006, porém como uma atividade paralela ao seu cargo de Engenheiro de Sistemas em uma empresa de tecnologia. Desde então começou a conhecer galerias, artistas, fotógrafos, publicitários e estudantes de artes.
Em Maio de 2015 fundou o ateliê Photopainter no bairro do Tatuapé em São Paulo, cujo descritivo de atividades segue em anexo.

Venha aprender e crescer junto com a gente, você é nosso convidado especial! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)

#QuartaEdiçãoEstaçãoCasaAmarela #ECA2019 #Cultura #ExposiçãoItinerante #ECA #Exposição #Corpo #Mente #Alma

RODA DE CHORO WALDIR AZEVEDO E CONVIDADOS. 💛

No dia 13 de setembro, a partir das 20h, na Estação Casa Amarela acontece mais uma Roda de Choro com o Clube do Choro Waldir Azevedo de Taubaté. Vamos homenagear Waldir Azevedo (1923-1980), compositor do célebre Brasileirinho, Pedacinhos do Céu, Delicado e outros. Foi solista de cavaquinho consagrando o instrumento imprimindo uma marca no jeito virtuosístico de tocar. É responsável pelos maiores sucessos de público e internacionalização do choro, bateu recordes de discos vendidos de música instrumental brasileira.

👉Nosso convidado especial para a roda de setembro é o multi-artista, Felipe Rezende, o Ifi, para nos acompanhar no pandeiro. Felipe trabalha como e professor em Arquitetura e Urbanismo na Faculdade Anhanguera, em Taubaté, desenvolve sua produção na criação de artes murais e gráficas, expõe e Desenvolveu a arte da capa e do encarte do disco do Clube do Choro Waldir Azevedo.
O Clube do Choro foi fundado em 2005 em Taubaté, a partir do encontro de jovens músicos de formação acadêmica com experientes músicos práticos, tem 14 anos de atuação no Vale do Paraíba e na capital, realizando rodas de choro, shows, homenagens e pesquisas para tocar o repertório tradicional e contemporâneo de choros. Em 2018 resgatou compositores regionais para gravar seu primeiro disco “Viva o Choro de Taubaté” contemplado pela lei de incentivo PROAC da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

🌮CARDÁPIO DA NOITE:
NATURIZE:
Coxinha de jaca e croquete de palmito
Guacamole +nachos
Sanduíche veganos

A BOQUINHA:
Quiches
Bruschetas

🍰Sobremesa:
Cheese cake

🥤Bebidas:
Água saborizada
Sangria
Chás

🍺CERVEJA ARTESANAL
Caiana Saison com Laranja e Mel:
Um estilo de cerveja belga, complexo, porém fácil de beber. No aroma notas frutadas de cascas de laranja, banana e condimentos, proveniente da fermentação belga. No paladar há um equilíbrio entre amargor e dulçor, com uma leve picancia persistente na boca, com final seco. Cerveja ideal tanto para momentos descontraídos quanto para momentos sofisticados.

Garanta seu ingresso!
Lugares limitados .

Contatos para a compra de ingressos: (12)99116-2784 ou (12) 3652-6103

Você é nosso convidado especial! 💛
Viva a Cultura! 💛
Viva a Música Brasileira! 💛
Viva o Chorinho! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)

#QuartaEdiçãoEstaçãoCasaAmarela #ECA2019 #Cultura #Exposições #Saúde #Natureza #Educação #Esporte #ECA #Exposição #Corpo #Mente #Alma #CinEca
#Musicabrasileira #Samba #Choro

Oficina de Esmaltação de Cerâmica com Alexandre Malosti

Dia: 10/09/2019 , terça -feira

Horário: 9h30m às 12h

Local: Estação Casa Amarela em Caçapava SP

Valor: R$ 120,00

 

Convidamos você para passar uma manhã agradável, acompanhado de um café e bate-papo sobre o processo de esmaltação da cerâmica artística.

O participante receberá uma peça de cerâmica e irá esmaltá-la. Após período de queima terá uma peça exclusiva para decorar a casa ou presentear amigos.

Não é necessário conhecimentos sobre pintura.

 

Programa:

Apresentação dos participantes e bate-papo com o ceramista, que de forma descontraída irá abordar conceitos envolvendo as técnicas de esmaltação. Não se trata de um curso e sim uma experiência do participante com a arte da cerâmica.

Cada participante receberá uma peça e irá executar todo o processo, preparação da peça, optar por transferência de desenho via carbono ou a mão livre, preparar os esmaltes e aplicar.

As peças serão queimadas durante a semana pós vivência em forno elétrico e ficarão disponíveis para retirada pelo participante no próprio local da vivência ou no estúdio do ceramista em Taubaté, e em casos necessários poderão ser enviadas via correio (despesa por conta do participante).

Todo material (esmaltes, pinceis, luva e máscara, entre outros) serão disponibilizados.

 

Ceramista Alexandre Malosti :  Nascido em 06/11/1970, natural de Natividade da

Serra-SP, reside em Taubaté desde 1974.

Autodidata, tem por característica a experimentação

na produção das suas peças.

Pesquisador contínuo de técnicas e materiais é

conhecido por apresentar, em cada uma de suas mostras, acervo novo, texturas e formas inovadoras.

Ao mesmo tempo, é possível perceber, nas diferentes mostras produzidas pelo artista, a preocupação com o orgânico e as referências aos elementos da natureza que emprestam uma linha narrativa ao seu processo criativo.

Destaque especial às suas texturas, únicas, que mostram um artista meticuloso e criativo. Suas peças são exclusivas e são sua própria assinatura, trazem a sua identidade impressa em cada detalhe, em cada forma.

Seu primeiro contato com o universo cerâmico

ocorreu a 10 anos atrás, mas seu amadurecimento e

identidade com a linguagem ocorreu a partir do ano de 2014, onde passa a dedicar-se exclusivamente a

produção de peças artísticas únicas e abre seu Estúdio onde ministra aulas e oficinas.

 

Principais Exposições, Mostras, Feiras :

2018 – MOSTRA “MÃOS A OBRA” – Galeria Victor Hugo, Shopping Colinas, SJC SP

2018 – CONTEMPORARY CERAMIC EXHIBITION – Centro Brasileiro Britânico – São Paulo SP

2018 – MOSTRA COLETIVA CERÂMICA NO CENTRO – Galeria Olido – São Paulo SP

2017 – MOSTRA COLETIVA ESTAÇÃO CASA AMARELA – Estação Casa Amarela – Caçapava SP

2017 – MOSTRA “COLETIVO DE CERÂMICA” – A Casa Museu do Objeto Brasileiro – São Paulo SP

2017 – CONCURSO DE PRESÈPIOS VALE DO PARAÍBA, Via Vale Garden – Taubaté SP

2016 – FEIRA DE ARTES CAETÉ – São Paulo SP

2016 – 2ª EDIÇÃO PARALELA FEIRA INDEPENDENTE DE ARTES DE TAUBATÉ – Taubaté SP

2016 – 1ª EDIÇÃO PARALELA FEIRA INDEPENDENTE DE ARTES – Taubaté SP

2016 – MOSTRA COLETIVA SEMANA DA LIBERDADE – Redenção da Serra SP

2015 – KERAMIC MOSTRA INDIVIDUAL – Pátio Paris Shopping – Campos do Jordão SP

2015 – KERAMIC MOSTRA INDIVIDUAL – Solar da Viscondessa do Tremembé – Taubaté SP

2014 – AZIMUTE – Solar da Viscondessa do Tremembé – Taubaté SP

2013 – MÃOS QUE TRANSFORMAM O BARRO – Museu da Imigração Italiana – Taubaté SP

2013 – MOSTRA COLETIVA SEMINÁRIO CONSICÊNCIA NEGRA – Redenção da Serra SP

2012 – ARTE DOS 4 ELEMENTOS – Solar da Viscondessa do Tremembé – Taubaté SP

2012 – CIRANDARTE – Escola de Artes Prof. Maestro Fego Camargo – Taubaté SP

CineArte: Filme: “Mazzaropi: Feição e Prosa”

 

E tem cinema na rua da Estação Casa Amarela!

CINE ARTE! 💛

💛 Dia 28/08 tem Cine Arte aqui na rua da Estação Casa Amarela!

👉 Início da sessão: 28/08, quarta 19h.

🎬 Filme: “Mazzaropi: Feição e Prosa”

O filme “Mazzaropi: Feição e Prosa” será exibido, gratuitamente, na rua da Estação Casa Amarela em Caçapava /SP, no dia 28 de agosto (quarta), às 19 horas. A apresentação faz parte da programação da Mostra Mazzaropi que acontece na Sala Darcy Ribeiro da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela. O diretor do filme, Luis Otávio Santi, é convidado para uma Roda de Conversa após a exibição. Também estará presente Pedro Rogério Barreto que apresenta show cômico- musical como Pedro Mazaropinho.

🎬 Mazzaropi: Feição e Prosa (2008)
O documentário de Santi, que visita o universo de Mazzaropi, ator e produtor, enfocando aspectos dramáticos e geográficos, incluem músicas e compositores que conviveram com ele. Músico de raiz e testemunha histórica, Negão dos Santos acompanha numa viagem pelos cenários criados e vividos pelo mais popular cineasta brasileiro da história, Amacio Mazzaropi (1912-1981). O filme constrói paisagens sonoras e visuais que dão contorno à figura atual do “caipira”, dos seres do campo do Vale do Paraíba, São Paulo. Uma jornada com o personagem pobre rural, local do típico caipira paulista.

O DIRETOR:
Luiz Otavio de Santi é cineasta e foi professor de Roteiro cinematográfico na FAAP; Estética fílmica na Pós Graduação, FAAP; foi professor de Estética e filosofia no curso de jornalismo da Unitau, em Taubaté, SP. Pesquisador de cinema, mestre em comunicação e semiótica pela PUC-SP. Doutor em Ciências em Psicologia Social USP .

Dirigiu e roteirizou o longa documentário “Mazzaropi: Feição e Prosa” . Com este filme participou dos festivais Câmera Mundo- Rotterdam; e Cinesul-Mercosul, Rio, 2009. Dirigiu e roteirizou o documentário “Mazzaropi: o cineasta das platéias”, produção independente de 2002, pelo Instituto Mazzaropi, com lançamento no mesmo ano, em circuito televisivo (Canal Brasil e tv globo vanguarda); mostra no CCBB, São Paulo.

Roteirizou (em fase de desenvolvimento de projeto) o longa “O Fingidor”, adaptação da peça homônima de Samir Yazbek, sobre o poeta Fernando Pessoa. Roteirizou e dirigiu o curta ficção “Quando Ela Passa”, 2001, divulgado em mostras e circuito universitário. Co-roteirizou o curta “Aurora”, com Beto Brant e Renato Ciasca, 1987.Trabalhou na Espiral filmes e Publifimes, como assistente de montagem em centenas de comerciais de Tv e documentários, anos 80.

Foi premiado no concurso Xérox do Brasil, 2001, com o livro “Uma voz no Cinema”, que trata de cinema e poesia. Premiado como co-roteirista de “Aurora”, melhor curta em Brasília, 1987, em parceria com Beto Brant e Renato Ciasca.

Gênero: Documentário
Direção: Luiz Otávio de Santis
Idioma: Português
Ano de Produção: 2008
País de Produção: Brasil
Duração: 81 min

Pedro Rogério Barreto é morador de Taubaté/SP e, pesquisador da vida de Mazzaropi desde os 12 anos de idade. Apaixonado, desenvolveu o personagem, Pedro Mazaropinho, e um espetáculo cômico musical. Pedro ouviu muitas histórias de pessoas que conviveram, que trabalharam ou que fizeram parte dos sets das filmagens na época. Assim nasceu um artista. Um artista caipira inspirado em um dos maiores nomes do Cinema Brasileiro: Amácio Mazzaropi !

Realização: Estação Casa Amarela Produções e Serviços EIRELI

Apoio : Prefeitura de Caçapava e Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Caçapava.

Faça parte dessa história!
Você é nosso convidado especial! 💛

📍Local: Rua da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
☞ tels (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784.

Viva a Cultura! 💛
Viva o cinema Brasileiro!

#EstaçãoCasaAmarela2019 #VilaSãoJoão #CaçapavaSP #Mazzaropi #CineArte

Roda de Conversa com Oreme Kipeng – Sementes Sagradas do Xingu

SEMENTES SAGRADAS DO XINGU 💛

Estação Casa Amarela convida você para a Roda de Conversa com Oreme Kipeng no dia 06 de setembro, sexta-feira, das 9h às 12h.

OREME KIPENG 
Trabalha há 10 anos no reflorestamento das nascentes do rio Xingu através do trabalho realizado pela Associação Rede de Sementes do Xingu (ARSX) e também com as coletoras de sementes nativas do Movimento das Mulheres Yarang, do povo Ikpeng.

Temas abordados:
– história e cultura do povo Ikpeng
– cultura dos cultivos de roça do povo Ikpeng
– coleta, armazenamento e plantio das sementes nativas
– Associação Rede de Sementes do Xingu (ARSX)
– Movimento das Mulheres Yarang

Evento gratuito. 💛

📍AGENDA OREME IKEPENG
Movimento Mulheres Yarang

👉Eventos 05, 06 e 07 de setembro em Caçapava SP

– 05/09 Quinta-feira – Caçapava SP – 14h e 16h
– Roda de Conversa na Escola Estadual Maria Aparecida no bairro Nova Caçapava – (duas turmas)

05/09 – 18h – Faculdade São Lucas- Caçapava – 50 pessoas .

– 06/9 Sexta-feira – 9h às 12h- Estação Casa Amarela – Roda de Conversa (Durante o curso de Terraterapia)

– 06/9 Sexta-feira Pindamonhangaba SP – 19h
Palestra na faculdade Anhanguera.

– 07/9 Sábado das 14 as 17hrs – Caçapava SP, Sítio Desperto
– Agrofloresta, agroecologia e culturas de roça do povo Ikpeng e plantio de muvuca

Faça parte desse movimento!
Você é nosso convidado especial! 💛

📍Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela – R. José Ludgero de Siqueira, 32 – Vila São João, Caçapava/SP.
Tels: (12) 3652-6103 e (12) 99116-2784 (whatsapp)